Carregando... Aguarde...
Home
ENCAPSULADOS
Ervas
Tempero
TINTURA
43984382092

Newsletter



Passe o mouse na imagem para zoom

  • Imagem 1



Erva Doce
Avaliação dos clientes: ( )

Preço: R$ 10,00





Compartilhe




  • Descriçao do Produto
  • Comentários de Clientes
  • Video do Produto

A Erva Doce já era conhecida por volta de 1550 a.C. Seu nome científico é Pimpinella Anisum e é da Família das Umbelíferas. Os Egípcios a cultivavam em quantidade para, das suas folhas e sementes tirarem alimento, bebidas e remédios. Era tão valiosa, que a Inglaterra pagava impostos sobre a sua importação.

Planta anual, de 30 a 35 centímetros de altura. Folhas verdes, as inferiores orbiculadas, as médias são penadas e as superiores são inteiras ou tripartidas. Flores em buquês brancos, com frutos ovóides, um pouco alongados. Gosta de clima ameno. Quando o objetivo do cultivo for as sementes, colher no verão, quando estiverem amarronzadas. As folhas podem ser colhidas à partir dos 15 cms.

Suas sementes em infusão são anti-séptico reconfortante para constipações e tosse. Por suas propriedades alcalinizantes, funciona como expectorante.

É um vegetal rico em celulose, substância muito importante para o bom funcionamento dos intestinos. É estimulante da digestão, diurética, coagulante e carminativa. Contém vitaminas do Complexo B, principalmente Niacina, cálcio, fósforo, ferro, magnésio e potássio. A Niacina tem por função ajudar a digestão, além de estimular o apetite. O Cálcio e o Fósforo atuam no organismo conjuntamente participando da formação dos ossos e dentes, coagulação do sangue, construção muscular e transmissão normal de impulsos nervosos. O anetol é o principal constituinte ativo e é aromatizante.

A Erva Doce tem bons resultados contra diarréias, especialmente em crianças; contra cólicas do ventre e favorece a ação digestiva. É também, boa para azia. Aumenta o leite das lactantes e o azeite das sementes é indicado para matar piolhos. É usada para os problemas de asma, digestão difícil, excitação nervosa, insônia e cãibras. Como dentifrício, serve para refrescar a boca, purificar o hálito, clarear os dentes e tonificar as gengivas.

O infuso das sementes facilita a digestão, alivia flatulência e cólicas intestinais, acalma excitação nervosa e insônia. Age contra a cólica de recém nascidos. As avós recomendavam que as lactantes tomassem em jejum para aumentar o leite.

Para o cansaço ocular, faça uma decocção com 2 colheres de sopa de sementes em 250 ml de água e ferva por 3 minutos. Deixe amornar, embeba duas gazes limpas e coloque nas pálpebras.

As sementes são muito utilizadas para temperar biscoitos, pães e bolos (o de fubá já é tradicional). Vai também, em tortas de frutas, maçãs assadas, caldas de doces e canapés. Também temperam e dão aroma às carnes, lingüiças na grelha, salames. Suas folhas dão um toque especial às saladas e feijão branco. Os europeus costumam por um galhinho com folhas nos picles e conservas. As sementes maceradas lentamente na aguardente fazem o licor anisete.

Pedido Fone: 43 3325 5103

Escreva seu próprio comentário para o produto

Comentários Enviados

Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!