Carregando... Aguarde...
Home
ENCAPSULADOS
Ervas
Tempero
TINTURA
43984382092

Newsletter



Passe o mouse na imagem para zoom

  • Popularmente são conhecidas suas propriedades antiinflamatórias, sendo que a medicina popular utiliza o chá das raízes, casca e folhas, para o tratamento do reumatismo e úlceras; chá das folhas é utilizado no combate à gripe; e o cozimento das folhas e raspas da madeira é usado para banhar tumores ( REYES, 2003).
Em abril de 2004, Rudolf Trefzer esteve na fazenda para tomar conhecimento dos pratos feitos a base de verduras espontâneas no cafezal (serralha, serralhinha, caruru, oro?pro-nobilis, fazendeiro, beldroega, entre outras). Em contato com a arvore de Pau d?alho fez varias experiências com as folhas, cascas, raízes até chegar nos brotos tenros, encontrando um sabor muito rico semelhante ao alho. Neste dia nos contou que em varias partes do mundo a culinária substitui o alho por vários tipos de folhas de trepadeiras, arbustos e arvores e achou o sabor do Pau d?alho (G. integrifólia) muito interessante. Deste dia em diante, nos da fazenda, introduzimos o Pau d?alho na culinária e temos recebidos muitos elogios pelo sabor.

Rudolf Trefzer é redator da renomada revista gastronômica Marmite, nasceu e mora em Zurique na Suíça e em Luazzolo, é doutor em historia e trabalha como jornalista, escreve para diversos jornais na Suíça e Alemanha, abordando temas sobre enogastronomia.



Pau D’alho Gallesia integrifolia
Avaliação dos clientes: ( )

Preço: R$ 10,00





Compartilhe




  • Descriçao do Produto
  • Comentários de Clientes
  • Video do Produto

Família: Phytolaccaceae

Características Morfológicas: Com altura média entre 15 e 30 metros, esta árvore pode ser considerada robusta. Tanto que seu tronco é largo (gira em torno de 70 a 140 centímetros de diâmetro). Possui ainda folhas glabras (sem pêlo) e brilhantes. E tem com uma característica geral e marcante, o cheiro de alho, em qualquer parte da planta.

Origem: Brasil.

Ocorrência Natural: Bahia, Espírito Santo, e Minas Gerais até o Paraná (na Floresta Atlântica) e Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná (na floresta semidecídua da bacia do Paraná).

Se você estiver andando pela mata num dia de alta umidade relativa (leia-se com aquele tempo nublado, de chuva) e sentir um forte cheiro de alho, não se preocupe: você não está sonhando com comida. Esta é a característica mais marcante da pau-d?alho. 

Frondosa e pioneira, ela pode ser aplicada em reflorestamento de áreas degradadas. Além disso, é usada em construções temporárias, sarrafos e na confecção de caixotaria e embalagens leves. 

Como proporciona uma ótima sombra, é comum tanto na arborização rural como no paisagismo de parques e grandes jardins. 

Ocorre preferencialmente em terrenos úmidos e de alta fertilidade. Ou seja: quando é avistada num determinado lugar na natureza, pode escrever: a terra local é boa. De crescimento rápido, atinge de 3 a 4 metros aos 2 anos.

Popularmente são conhecidas suas propriedades antiinflamatórias, sendo que a medicina popular utiliza o chá das raízes, casca e folhas, para o tratamento do reumatismo e úlceras; chá das folhas é utilizado no combate à gripe; e o cozimento das folhas e raspas da madeira é usado para banhar tumores ( REYES, 2003).
Em abril de 2004, Rudolf Trefzer esteve na fazenda para tomar conhecimento dos pratos feitos a base de verduras espontâneas no cafezal (serralha, serralhinha, caruru, oro–pro-nobilis, fazendeiro, beldroega, entre outras). Em contato com a arvore de Pau d’alho fez varias experiências com as folhas, cascas, raízes até chegar nos brotos tenros, encontrando um sabor muito rico semelhante ao alho. Neste dia nos contou que em varias partes do mundo a culinária substitui o alho por vários tipos de folhas de trepadeiras, arbustos e arvores e achou o sabor do Pau d’alho (G. integrifólia) muito interessante. Deste dia em diante, nos da fazenda, introduzimos o Pau d’alho na culinária e temos recebidos muitos elogios pelo sabor.

Rudolf Trefzer é redator da renomada revista gastronômica Marmite, nasceu e mora em Zurique na Suíça e em Luazzolo, é doutor em historia e trabalha como jornalista, escreve para diversos jornais na Suíça e Alemanha, abordando temas sobre enogastronomia.

Para compartilhar este rico tempero desenvolvemos:
- Pesto de Pau d’alho no azeite de oliva extra-virgem;
- Pesto de Pau d’ alho no limão cravo ( );
- Pesto de Pau d’ alho no limão cravo com pimenta cumbari;
- Pau d’alho desidratado à sombra.

 

 

 

Pedido Fone: 43 3325 5103

Escreva seu próprio comentário para o produto

Comentários Enviados

Este produto não recebeu nenhum comentário até agora. Seja o primeiro e enviar um comentário para este produto!